Make your own free website on Tripod.com

SAUDADE

melhor do mês

ÉRAMOS TANTOS...
colaboradores
o seminário ontem e hoje
professores do sic
histórias e estórias
empregados do sic
melhor do mês
ser ou não ser padre
os nossos padres
histórias de coimbra
outras memórias
o que pensamos hoje
pura saudade
nós hoje
por onde andamos
wanted
falecimentos
links com assinatura
religião
solidariedade

2006

JANEIRO
 
 
 
 
por
LICÍNIO SILVA, 1968
Canadá

 
 
 
 
 
 
 
Se a qualidade das histórias (reais) o justificar, será eleita - pela Coordenação ou por proposta dos forenses - a MELHOR DO MÊS de entre aquelas que foram contadas no FORUM.
 
Convém que seja curta.
 
No final elegeremos a MELHOR DO ANO.
 
Claro está que as histórias poderão acabar. Paciência, alteraremos então o rumo, pois que em 2000 colaboradores possíveis, mesmo descontando uns quantos que já partiram, há-de - desde a década de '30 do século passado - haver muita história para contar.

camisas.jpg

    A CAMISA DE VÉNUS 
    Mais uma história daquele tempo:
    Algures nos anos 60 (acho eu) apareceram na moda camisas vulgarmente conhecidas pelas camisas de TV.
    Eu sei, todos sabem disso,  pois também andaram por lá; eu sei disso.
    Estas camisas foram lançadas em tons bem vivos e davam muito nas vistas (...) pelo contorno excepcional ao corpo.
    Eram levezinhas e muito agradáveis de vestir, especialmente no verão.
    Eu também tive uma branca.
    E também tenho uma história interessante com ela.
    Ora bem, estávamos nós num dos recreios e o P.Verissimo confraternizava com alguns dos rapazes.
    De algum canto apareceu alguém com uma daquelas camisas, bem amarelinha. O P.Verissimo exclamou "mas que camisa!" (andar na moda não era bem visto naquela instituição naquela altura; só o Zé Cruz é que tinha umas calças à boca de sino - 30cms).
    O Agostinho, um dos meninos bonitos, sempre na frente, costumava rivalizar com o Adriano Rodrigues e sempre pronto para mais uma "boca", saiu-se com esta:
    -  "Pois, é uma camisa de vénus".
    O desventurado rapaz não fazia ideia do que era uma camisa de vénus, mas já tinha ouvido falar e deve ter pensado que finalmente estava na presença duma dessas camisas da moda.
    O Adriano Bernardes, mais velho, mediador sempre pronto a intervir com ideias mais formadas (alm de excelente jogador de futebol),  interveio prontamente:
    -  "Tu sabes lá o que estás a dizer?"
    E acenou com a cabeca em ar de desaprovação.
    Alguns sorriram e guardaram para a próxima chalaça, outros ignoraram por não estarem na moda e não saberem de que se tratava.
    O P.Verissimo seguiu em frente com a conversa pretendendo não ter reparado.
     LICÍNIO SILVA

caminsinha.jpg

Antigos Alunos do Seminário da Figueira da Foz
A publicidade inserida na página não é da nossa responsabilidade